acrealerta.com

Qui23102014

Última atualização:Qua, 22 Out 2014 2pm

FacebookTwitterRSS Feed

Artigos

SEE realiza homenagem aos professores finalistas do 3º Concurso Aprender e Ensinar

Destinada exclusivamente a professores da Educação Básica vinculados à rede estadual, Institutos Federais de Educação, Ciência e Tecnologia ou escolas técnicas públicas, a terceira edição do concurso Aprender e Ensinar: Tecnologias Sociais conta com dois professores acreanos na etapa final, devidamente homenageados pela Secretaria de Estado de Educação (SEE) na tarde desta quarta-feira, 20.

Promovido pelo Banco do Brasil e organizado pela Revista Forum, o principal objetivo do concurso é fomentar o debate entre professores e estudantes sobre o uso de Tecnologias Sociais na educação e em projetos de desenvolvimento local, do qual também podem participar professores de espaços não formais de educação, como Educação de Jovens e Adultos (EJA) e ONGs, que desenvolvem atividades em escolas públicas ou institutos federais.

Essa edição do concurso teve mais de 4,5 mil inscritos de todo o Brasil, sendo 408 apenas da Região Norte. Do total, 64 professores foram classificados como finalistas, vindos de 54 escolas públicas e espaços não formais de educação (dois por Estado e Distrito Federal) e 10 de Institutos Federais de Educação, Ciência e Tecnologia.

Os educadores, incluindo os xapurienses Eurides Freire Araújo, da Escola de Ensino Fundamental Anthero S. Bezerra, e Idelson Marques de Holanda, da Escola de Ensino Fundamental e Médio Divina Providência, apresentarão seus projetos em Brasília, onde os cinco vencedores da terceira edição serão escolhidos e premiados com uma viagem ao Fórum Social Mundial 2013, na Tunísia, que acontece em março deste ano.

Com o projeto "Pescadores de Livros", o professor Idelson Marques de Holanda ressalta que receber uma premiação de tamanha grandeza é ter o reconhecimento e a certeza de que cada minuto dedicado ao projeto foi recompensado.

Emocionada, a professora Eurides Freire Araujo, autora do projeto "Participação Política", comentou: “Foi uma longa estrada até chegar a este momento de reconhecimento e premiação. Tenho a certeza de que meus alunos estão mais conscientes e exigentes quanto a seus deveres políticos”. Na oportunidade, os professores receberam Tablet’s e um certificado de Honra ao Mérito concedidos pelo Banco do Brasil e pela Secretaria de Estado de Educação e Esporte, respectivamente.

Segundo o superintendente em exercício do Banco do Brasil, Marcolino Rodighero, o BB tem premiado ações que invistam no desenvolvimento sustentável do país. “É uma alegria ter dois professores acreanos finalistas do concurso. Tenho certeza de que os maiores vencedores são os alunos da rede pública estadual contemplados com projetos que visam a melhoria da qualidade de vida da população”, afirma.

“Os bons investimentos que o governo do Estado tem feito ao longo dos últimos anos é uma prova de que estamos no caminho certo. A ousadia dos dois professores servirá de exemplo para que outros profissionais também acreditem e invistam em suas ideias e projetos. É um orgulho tê-los como nossos representantes na fase final do concurso Aprender e Ensinar: Tecnologias Sociais. Vamos torcer para que sejam escolhidos para representar o país na Tunisia”, conclui a diretora de Gestão Institucional da Secretaria de Educação, Rita Paro.

As informações são da Assessoria SEE, por Concita Cardoso e Astorige Carneiro.

"Os comentários publicados nas matérias não representam a opinião do Acrealerta.com, sendo a responsabilidade inteiramente de seus autores."